domingo, 22 de setembro de 2013

Inflação definirá sucessão, afirma Mailson

Ex-ministro Mailson considera possível a volta da inflação
O economista e ex-Ministro da Fazenda (1988 a 1990) no governo Sarney, Maílson da Nóbrega, afirmou que a inflação pode definir a presidência do Brasil.
 “Os pobres odeiam a inflação. Deixar a inflação sair do controle é perder voto, porque corrói a renda”. Declaração aconteceu em Fortaleza, quando a convite do ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, proferiu palestra comemorativa dos 50 anos da Emape, companhia de avicultura fundada e administrada por Pessoa. O encontro ocorreu na Universidade de Fortaleza (Unifor).
Apesar de tecer duras críticas à política econômica da presidente Dilma, avalia com otimismo o futuro do crescimento do País. Nas estimativas do consulto, o Brasil pode quadruplicar a economia em 24 anos, caso logre um (pouco provável) crescimento de 6% ao ano. Esse prazo salta para 75 anos, com o crescimento mais próximo da realidade, de 3%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário