sábado, 16 de abril de 2016

Coxinhas de Mortandela!

Como cidadão brasileiro e profissional de imprensa, tenho assistido e noticiado (Rádio Expresso Somzoom Sat) o clima de acusações entre duas torcidas e em alguns casos com comportamento de "facções", buscando ou mesmo reivindicando para si e para quem eles representam, o protagonismo, a retidão e a verdade inconteste dos fatos políticos que vivenciamos. Esses grupos são chamadas carinhosamente de Coxinhas e Mortandelas - com n mesmo - ou Petralhas, embora, nenhum deles repita o seu próprio nome. E aí, me vem o questionamento; por que pessoas tão esclarecidas, inteligentes, sensatas...tem opiniões tão antagônicas a respeito do mesmo assunto? Estariam elas, fazendo a leitura correta dos fatos ou sendo induzidas/conduzidas por idealismos, fundamentalismo ou outros ismos?

segunda-feira, 4 de abril de 2016

BNB troca indicações do PMDB e confirma dois novos diretores

BNB tem orçamento bilionário e deverá ter sua diretoria
trocada dentro da nova composição do governo federal
Menos de uma semana após o PMDB oficializar saída do governo, reunião do Conselho de Administração do Banco do Nordeste (BNB) confirmou nesta segunda-feira, 4, novas indicações para diretorias do órgão. Foram oficializadas nomeações de Joaquim Cruz (diretorias de Negócios) e Eliane Brasil (Administração e TI).
O presidente do Banco, Marcos Holanda não compareceu à reunião do conselho. Nos bastidores, se comenta que ele teria tirado férias, mas a assessoria de imprensa do órgão não confirma a informação. Esperada para esta segunda, indicação de Nicola Miccione para a Diretoria de Desenvolvimento do banco. O BNB é um dos cargos do segundo escalão mais cobiçados no Nordeste pois tem um orçamento bilionário
Até a última semana, a maior parte da diretoria era ligada ao PMDB, sendo Holanda indicado do senador Eunício Oliveira (PMDB).

Setor produtivo cearense espera prorrogação de medidas de apoio até 2021

No último dia 1º de julho, o Governo do Estado estendeu o prazo das medidas de apoio às empresas por pelo menos 15 dias, mas empresários qu...