quinta-feira, 24 de maio de 2018

Vila Galé inaugura um novo conceito de barraca de praia em Fortaleza

A Vila Galé, maior rede de resorts do país, reinaugurou a Barraca de Praia Vila Galé Café, em Fortaleza, na praia do Futuro no último sábado (19). O empreendimento, que é aberto ao público local e terá, além de jantares especiais e almoços ao longo da semana, uma programação intensa de música ao vivo às quintas e aos sábados.
“O Ceará tem passado por uma transformação muito positiva, demos um salto no turismo. E nós, da Vila Galé, temos consciência de que o turismo não é só benéfico para o turista, mas para as pessoas ao redor, por isso, estamos abrindo quatro novas opções de gastronomia, de uma só vez, para os moradores locais. Agora, temos a barraca de praia Vila Galé Café, com feijoadas, brunch, almoços e jantares; o Sushi lounge, com gastronomia japonesa; o Inevitável, de culinária mediterrânea e o Massa Fina, nossa mais recente aposta em massas e pizzas artesanais, típicas da cozinha italiana. Todas essas ofertas estão disponíveis para os moradores e turistas locais”, explica Dr. Jorge Rebelo de Almeida, presidente da rede.
Além da reinauguração da Barraca de Praia, foram apresentadas as renovações no Vila Galé Fortaleza, que inclui um trampolim do NEP, a reformulação do Clube Nep e área kids do hotel.
O evento contou com a presença de personalidades do estado, como o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o secretário de turismo da cidade, Régis Medeiros; o presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira do Ceará, Eliseu Barros, dentre outras.

Vila Galé é responsável pela gestão de 29 unidades, sendo vinte e duas em Portugal e sete no Brasil (Angra dos Reis/RJ, Rio de Janeiro/RJ, Cumbuco/CE, Fortaleza/CE, Guarajuba/BA, Salvador/BA e Cabo do Santo Agostinho/PE). Atualmente com cerca de 2.300 funcionários, o Grupo detém a maior rede de resorts do país e planeja a abertura da 8ª unidade brasileira na Praia de Touros (RN), prevista para setembro de 2018. Em 2017, o Grupo teve faturamento de ‎€ 173 milhões de euros nos seus 28 hotéis no mundo.  A rede ainda prevê a abertura de unidades hoteleiras  em Portugal, nomeadamente Vila Galé Collection Braga, resultado da renovação do antigo hospital de S. Marcos; Vila Galé Elvas, no Alentejo  e Vila Galé Serra da Estrela, em Manteigas. Saiba mais sobre os hotéis Vila Galé no Brasil e no mundo em www.vilagale.com .

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Festa da Indústria cearense tem nova data

O presidente da FIEC Beto Studart, fará a festa anual em nova
data a ser divulgada, para homenagear Elisa Gradvohl, Elcio
Batista e Edson neto.
A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) comunica que, por motivo de força maior, a tradicional Festa da Indústria, agendada para 30 de maio, será realizada em nova data a ser divulgada posteriormente. O evento é tradicionalmente realizado pela FIEC em comemoração ao Dia da Indústria e na ocasião são homenageadas com a Medalha do Mérito Industrial personalidades que transformam a Indústria cearense. Neste ano, os homenageados são a empresária Elisa Gradvohl, presidente do Sindicato das Indústrias de Frio e Pesca no Estado do Ceará (Sindfrio); o economista Edson Queiroz Neto, chanceler da Universidade de Fortaleza (Unifor); e o secretário chefe de Gabinete do governador Camilo Santana, Élcio Batista.

Gerência de Comunicações - Sistema FIEC

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Museu da Indústria abre exposição do Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas

A exposição A Intenção e o Gesto integra o projeto Arte e Indústria,
iniciativa que homenageia artistas com processos de criação
relacionados à produção industrial.
O Museu da Indústria, equipamento do SESI Ceará, recebe nesta quinta-feira, dia 17 de maio, o evento de lançamento da exposição A Intenção e o Gesto, parte da programação do Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas, apenas para convidados. A premiação é considerada a mais importante iniciativa do gênero no país, e este ano desembarca em Fortaleza ocupando também o Museu de Arte Contemporânea do Ceará (MAC|CE), localizado no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC). Os dois espaços receberão três exposições, todas com entrada franca, que ficam em cartaz ao público de 18 de maio a 1º de julho.
A exposição A Intenção e o Gesto integra o projeto Arte e Indústria, iniciativa que homenageia artistas com processos de criação relacionados à produção industrial. Em sua terceira edição, o projeto tem a curadoria de Marcus Lontra e reúne trabalhos do artista Sérvulo Esmeraldo, homenageado pelo Prêmio este ano, e de mais 10 artistas contemporâneos que dialogam com sua produção: Almandrade, Ana Maria Tavares, Angelo Venosa, Arthur Lescher, Delson Uchoa, Hildebrando de Castro, Guto Lacaz, Iran do Espírito Santo, Jaildo Marinho, Raul Córdula e Paulo Pereira.
As visitações para o público em geral iniciam no dia 18 de maio, seguindo até 1º de julho. No dia 18 de maio, às 18h, acontece um evento de abertura ao público no MAC|CE, com visita guiada às exposições com os curadores Marcus Lontra, Josué Mattos e Dodora Guimarães Esmeraldo, além da performance Verzuimd Braziel com o artista Daniel Santiago.
O MAC|CE recebe a mostra com os trabalhos dos cinco artistas vencedores da sexta edição do Prêmio: Daniel Lannes (RJ), Fernando Lindote (SC), Jaime Lauriano (SP), Pedro Motta (MG) e Rochelle Costi (SP); e a exposição Verzuimd Braziel - Brasil Desamparado, do curador premiado Josué Mattos, que reúne trabalhos dos artistas André Parente, Anna Bella Geiger, Carla Zaccagnini, Cildo Meireles, Clara Ianni, Dalton Paula, Daniel Jablonski e Camila Goulart, Daniel Santiago, Ivan Grilo, Lourival Cuquinha, Regina Parra, Regina Silveira, Santarosa Barreto, Thiago Honório, Thiago Martins de Melo e Vitor Cesar.
Em paralelo às mostras do Prêmio, é realizada a exposição A Intenção e o Gesto, que integra o projeto Arte e Indústria. Em Fortaleza, A Intenção e o Gesto será dividida entre o Museu de Arte Contemporânea do Centro Dragão do Mar, que receberá cerca de 40 obras de Sérvulo Esmeraldo, constituindo-se em uma grande exposição do artista, enquanto no Museu da Indústria outros oito trabalhos do homenageado se unem à exibição das obras dos artistas Almandrade, Ana Maria Tavares, Angelo Venosa, Arthur Lescher, Delson Uchoa, Hildebrando de Castro, Guto Lacaz, Iran do Espírito Santo, Jaildo Marinho, Raul Córdula e Paulo Pereira, que dialogam com a produção de Esmeraldo.
Fortaleza é a única capital do Nordeste a receber as exposições da sexta edição do Prêmio, que teve seu início no ano passado, no Museu Brasileiro (MuBE), em São Paulo. Brasília e Goiânia também já sediaram as mostras, que de Fortaleza seguem para o Rio de Janeiro (julho a setembro) e a Florianópolis (outubro a fevereiro de 2019).
O Prêmio é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), do Serviço Social da Indústria (SESI), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Em Fortaleza, a exposição tem o apoio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

Fonte: Assessoria SFIEC