quarta-feira, 27 de março de 2019

Ex-beneficiário do Bolsa Família, cearense será embaixador do Nordeste em conferência em Harvard

Francisco Cavalcante de Sousa representará o Nordeste no programa de
embaixadores da Brazil at Havard & MIT, no Estados Unidos
O estudante universitário Francisco Cavalcante de Sousa, de 20 anos, será o primeiro cearense a representar o Nordeste no programa de embaixadores da Brazil at Havard & MIT, em Boston, nos Estados Unidos. O estudante é o filho caçula de seis irmãos, e o primeiro a conseguir ingressar em uma universidade.
Natural do município de Jaguaribara, distante 218 km de Fortaleza, o universitário se divide entre a cidade de Mossoró (RN) onde estuda durante a semana e sua cidade de origem, onde atua nos fins de semana como voluntário em programas sociais e administra uma página de notícias sobre fatos em Jaguaribara.
Estudante do segundo semestre do curso de Direito da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Francisco contou ao O POVO Online sobre as suas expectativas. "Com dedicação e muita força nós podemos conquistar o queremos. E eu quero ser um símbolo de que o protagonismo juvenil pode transgredir fronteiras e transformar o ambiente onde vivemos, mesmo morando no interior nordestino, onde a aplicação de políticas públicas muitas vezes são secundárias", explica.
Francisco também falou sobre a motivação para os estados na realidade em que vivia com a família, no Interior do Estado. “Na minha família, ninguém nem sequer terminou o Ensino Fundamental. Inclusive, minha mãe é funcionária de uma escola, trabalha na limpeza. E eu, lá em casa, fui o único que decidi que queria mudar, não queria ser como os meus irmãos (que estão desempregados). Eu disse: eu posso mudar o meu País”, contou.
Os embaixadores 
O programa conta com dez jovens brasileiros, selecionados a partir de projetos que desenvolvem em cada estado. Durante a conferência, os estudantes discutirão o presente e o futuro do País e do mundo. Francisco foi selecionado após apresentar seus projetos sociais que foram desenvolvidos durante sua vida escolar. Um deles tratava sobre o programa Bolsa Família como política educacional. Ele lançou olhar sobre a questão política, educacional e social ao programa do qual foi beneficiário. 
Francisco estudou durante o Ensino Médio no curso de Eletromecânica no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e participou do concurso que lhe rendeu o prêmio de primeiro lugar no maior evento científico do Ceará e o 4° no Programa Parlamento Jovem Brasileiro, da Câmara dos Deputados.
Brazil Conference at Harvard & MIT
Os dez estudantes selecionados irão à Boston para participar da Brazil Conference at Harvard & MIT, e se tornarem multiplicadores em suas regiões. O embarque será no próximo dia 2 de abril com retorno no dia dez.
Após participarem do programa, os estudantes serão responsáveis em organizar seus próprios centros regionais, com a criação de eventos para propagar o conteúdo que será discutido durante a conferência.
Confira a lista dos embaixadores de 2019
Norte
Carlla Martins - Estudante de Engenharia da Computação na Universidade Federal do Amazonas (UFAM).
Jackson Viana - É estudante e fundou a Academia Juvenil Acreana de Letras (AJAL), instituição de cultura voltada a jovens escritores do Acre, da qual é o presidente.
Nordeste
Aniele Berenguer - Estudante de psicologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA)
Francisco Cavalcante - Estudante de direito da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).
CENTRO-OESTE
Eros Frederico - Ex-aluno do IFMS-CB e atualmente é acadêmico de Direito da UFMS em Corumbá/MS.
Marina Martinho já atuou em diversos projetos sociais e voluntariados, dentre eles como embaixadora e mentora do Movimento Choice.
SUDESTE
Daniel Heringer é ex-aluno do Coluni - UFV e atualmente é estudante de medicina da USP de Ribeirão Preto
Mariana Zanholo cursou Ensino Médio Técnico. Atualmente é bolsista do Insper, onde estuda Administração.
SUL
Lucas Gremaschi, nascido e criado no interior do Paraná, é estudante do quinto ano de Medicina na Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Natália Cecília é alagoana, atualmente cursa Relações Internacionais na UFSC.
Conheça mais sobre os dez embaixadores no site.
Com Jornal O Povo

terça-feira, 19 de março de 2019

Festival da Cidade comemora 470 anos de Salvador até final de março

Bell Marques, Ivete Sangalo e Léo Santana estão entre as principais atrações que comemoram 470 de Salvador
Comemorando os 470 anos de Salvador, Festival da Cidade, que acontece entre os dias 21 e 31 de março, traz mais de 60 ações de diversas manifestações culturais em 20 pontos da cidade.
O festival vai contar com teatro, música, literatura, fotografia, exposições, artesanato, economia criativa, brincadeiras e oficinas.


Shows

Entre os destaques estão o Concerto Internacional Salvador 470 anos, que contará com a apresentação de nove cantores que irão se revezar num palco no dia 29 de março, Farol da Barra, a partir das 19h. O concerto acontecerá em parceria com o Festival da Língua Portuguesa, contando com nomes como o dos portugueses António Zambujo e Ana Moura, do angolano Paulo Flores e dos baianos Saulo, Daniela Mercury, Marcia Short, Carla Cristina, Marcia Freire e Magary Lord.
Além do espetáculo, Salvador vai ganhar também apresentações especiais de Hiago Danadinho e Léo Santana e Deny Dennan, em Cajazeiras X, também no dia 29, a partir das 19h, no Campo da Pronaica. No dia 30, será a vez de Bell Marques e Solange Almeida se apresentarem na Praça da Revolução, em Periperi. No mesmo dia, às 18h, os cantores Moraes Moreira e Paulinho Boca irão apresentar o show “Sempre Novos e Baianos Cantam Salvador”, no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, no mesmo palco em que também estará o roqueiro Márcio Mello.
Finalizando as ações do festival tem o show da cantora Ivete Sangalo, em trio, saindo do Clube Espanhol em direção ao farol da Barra, no dia 31 de março, a partir das 15h. Na ocasião, os grupos Filhos de Gandhy, Cortejo Afro, Muzenza e Malê de Balê também desfilarão para o público que estará na Barra.


Teatro

Com o festival, será possível assistir, em troca de 2kg de alimentos, o espetáculo “Compadre de Ogum”, obra que completou cinco anos em cartaz com sucesso de crítica e público. O espetáculo acontecerá entre 27 e 30 de março, na Igreja de Santana, no Rio Vermelho, a partir das 20h.
No Teatro Gregório de Mattos, estreia nacionalmente em Salvador o musical “Sonho de Uma Noite de Verão, dia 29 de março, às 19h. A temporada segue até dia 28 de abril, de quinta a domingo, às 19h, e com cinco sessões vespertinas, às 16h.
O projeto “Simplesmente Elas”, financiado pelo edital Viva Cultura, é um musical bem-humorado com Cristiane Mendonça, Evelin Buchegger e Luisa Prosérpio. Aborda a temática de três mulheres de idades diversas, personalidades peculiares, porém complementares, que ensaiam no camarim de um teatro.
A temporada fica em cartaz no Café Teatro Rubi dias 22, 23, 29 e 30 de março, 5 e 6 de abril, sempre às 20h30.

Com Jornal A Tarde

Governador do Ceará Camilo Santana vai criar programa de energia solar para atender produtores rurais

Governador do Ceará Camilo Santana, vem usando sua página no Facebook
para anunciar toda terça-feira para anunciar novidades de sua gestão.
O governador Camilo Santana anunciou, na manhã desta terça-feira (19), durante transmissão ao vivo em sua página no Facebook, que vai criar um programa de geração de energia solar para atender aos produtores da Agricultura Familiar. Ainda segundo ele, até o fim do mês, um projeto será encaminhado para a Assembleia Legislativa, com o objetivo de oficializar as ações do “Consórcio Nordeste”. 
O Consórcio Nordeste é uma proposta que foi idealizada na quinta-feira passada, em São Luís, no Maranhão, que tem como meta principal a união dos nove estados prevendo parceria em ações econômicas, políticas, de infraestrutura e social. 
“O consórcio vai ser criado por Lei e algumas ações (dos estados) poderão ser feitas conjuntamente”, disse Camilo. “Até o fim do mês, cada Assembleia vai enviar u projeto de Lei para colocar o consórcio em prática”, disse. 
Camilo Santana disse ainda que os governadores do Nordeste estão à disposição para contribuir com o debate da Previdência Social, mas que nenhum chefe de Executivo da região abrirá mão de pontos que prejudicam a classe mais pobre da população. 
No encontro, também foi discutido a necessidade de defesa de equipamentos que prestam serviços à região, como BNB, SUDENE, CODEVASF e DNOCS. “Precisamos de projetos para o desenvolvimento do Nordeste”, defendeu. O primeiro presidente do Consórcio Nordeste será o governador da Bahia, Rui Costa, do Partido dos Trabalhadores (PT). 
Sobre o projeto de energia solar para a Agricultura Familiar, Camilo Santana destacou que a ideia é aproveitar o telhado da residência do trabalhador rural para instalar placas solares
“Com essa energia, poderemos gerar energia para o produtor rural, mas também pode-se vender a energia gerada. Estamos formatando o projeto para fazer um projeto pioneiro na área rural, de geração de energia. Isso geraria receita maior para o homem do campo”, disse. 
O governador anunciou também que vai sancionar, na próxima sexta-feira (22), a Lei que transforma o programa “Mais Infância” em uma política pública de Estado. “É um passo importante para que o programa não seja apenas uma política de Governo, mas de Estado”, defendeu. 
Na área da Segurança Pública, o governador ressaltou os esforços para tentar reduzir os altos índices de violência no Estado, destacando a redução de ocorrências nos últimos meses. “Não vou descansar um minuto. Esse é um trabalho que precisa ser feito 24 horas por dia”, afirmou.  
Com Diário do Nordeste

segunda-feira, 11 de março de 2019

Exportações do Ceará atingem a US$ 395 milhões e fecha bimestre com balança comercial positiva

Primeiro bimestre de 2019 mostra bom crescimento
nas exportações do Estado do Ceará.
O Estado do Ceará voltou a repetir o comportamento apresentado em janeiro e fechou os dois primeiros meses de 2019 com saldo positivo, de US$ 39,1 milhões. Os dados são do estudo Ceará em Comex, realizado pelo Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).
O resultado alcançado veio a partir do desempenho das exportações cearenses, que tiveram um aumento de 17,3% comparando com o mesmo período de 2018 e atingiram o patamar de US$ 395,1 milhões. As importações porém, que totalizaram US$ 356 milhões, caíram 11,1% comparativamente com igual período de 2018. 
Comparando com o primeiro bimestre de 2015, o desempenho atual do Estado (US$ 39,1 milhões) representa uma alta de 126,7%, em relação a 2019. Dos quinze maiores estados exportadores do Brasil, o Ceará foi o segundo que mais cresceu, ficando atrás apenas do Mato Grosso, que registrou alta de 20% entre 2018 e 2019. 

Privatização ou extinção do BNB pode inviabilizar base de Bolsonaro no Congresso, diz Domingos

Domingos Neto tem se colocado como apoiador do governo,
mas faz críticas à organização da base.
Foto: José Leomar
Líder da bancada cearense no Congresso Nacional, o deputado Domingos Neto (PSD) afirmou nesta segunda-feira (11) que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não terá governabilidade se levar a cabo alguma das especulações que circulam nos bastidores sobre a privatização do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) ou sua fusão ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
“A gente escuta falar de propostas de tirar o Banco do Nordeste daqui, e isso é algo que vai inviabilizar o Governo, porque a bancada do Nordeste inteira será contra, e a do Estado do Ceará, onde nós temos a sua sede, principalmente”, afirmou o parlamentar, após reunião da bancada cearense com prefeitos do interior do Estado na sede da Associação dos Municípios do Estado (Aprece), no bairro Aldeota, em Fortaleza.
No último dia 20 de fevereiro, um grupo de oito deputados cearenses se reuniu com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em Brasília. Segundo informaram, o ministro indicou que ainda não havia definições sobre o futuro do BNB. O deputado Roberto Pessoa (PSDB) chegou a publicar vídeo nas redes sociais classificando a possibilidade de fusão com o BNDES como "fake news".
Articulação políticaDomingos Neto qualificou como “deficiente” a articulação política do Palácio do Planalto nos primeiros meses de Governo. “Isso é evidente, uma vez que nós temos um Governo que só tem praticamente um ou dois partidos oficialmente na sua base. Na última votação que tivemos antes do carnaval, que era sobre a revogação de um decreto presidencial (que ampliava a possibilidade de impor sigilo a dados públicos), o Governo só teve 56 votos”, disse.
A obtenção de apoio necessário à aprovação de matérias fundamentais como a Reforma da Previdência e até à manutenção das Medidas Provisórias que reestruturaram os ministérios passa pela negociação de cargos de indicação e liberação de emendas aos parlamentares, processo que, apesar de intrínseco ao presidencialismo de coalizão, foi alvo de constantes críticas por parte de Bolsonaro desde a campanha.
Na próxima quinta-feira (14), as demandas da bancada cearense devem ser postas à mesa em reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que retorna de viagem à Antártida na quarta-feira. Também estão na pauta obras financiadas ou diretamente executadas pelo Governo Federal no Ceará, como a Transposição do Rio São Francisco, o Cinturão das Águas e o metrô de Fortaleza. “Nós precisamos acompanhar mais de perto a determinação do Governo em ajudar o estado. Quanto aos cargos federais no Ceará, também é evidente que nós precisamos conhecer como é que isso vai funcionar”, disse Domingos.
Reunião Prefeitos de mais de 50 municípios cearenses se reuniram na manhã desta segunda-feira com 13 deputados da bancada federal cearense. O encontro, realizado na sede da APRECE, tratou de vários assuntos relativos à queda na arrecadação dos municípios, que devem ser levadas a Brasília pelos parlamentares. Entre as questões, demandas por maiores aportes ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), assim como o retorno das discussões no Congresso sobre a partilha dos royalties da cessão onerosa do Pré-Sal com estados e municípios.

Com Diário do Nordeste