segunda-feira, 6 de abril de 2015

Prefeito Roberto Claudio confirma estudo para reformas nos Terminais de ônibus de Fortaleza

Prefeito de Fortaleza Roberto Claudio, no estúdio da Rádio Expresso
Somzoom Sat, foi entrevistado por Kézya Diniz e Enivaldo Barbosa,
no programa Expresso em Pauta (12 as 13h)
Em entrevista no Programa Expresso em Pauta hoje, 06/04, aos apresentadores Kézya Diniz e Enivaldo Barbosa, o prefeito de Fortaleza Roberto Claudio revelou planos de requalificação para todos os terminais de ônibus urbanos da capital cearense; "Esses terminais, que foram construídos ainda na gestão do prefeito Juracy Magalhães, nunca tiveram uma reforma desde sua entrega, mesmo com o crescimento da cidade o do número de passageiros". RC lembrou ainda que os usuários utilizam esses serviços mas, reclamam das condições atuais dos aparelhos e que "estão em péssimas condições e Eles merecem o melhor". O prefeito acrescentou ainda que embora tenha sido detectada essa carência nos terminais, isso só será feito após um amplo debate ouvindo todas as partes e descartou todas as possibilidades de haver alguma modificação que não leve em conta o bem estar dos usuários; "não faremos nada, que possa vir a acarretar custos aos usuários" pontuou o prefeito.
Durante a entrevista, Roberto Claudio também fez referências as dificuldades circunstancias de entregar algumas obras,como a nova avenida Beira Mar, que foi iniciada na gestão da então prefeita Luizianne Lins (PT) pela construtora Camargo Correia, agora investigada pela operação Lava Jato. "Mesmo com as dificuldades, faremos a entrega do primeiro trecho que é o mercado dos peixes até julho próximo", disse ele.
Indagado sobre o sucesso do "Bicicletar", ele disse que também está surpreso com o sucesso na adesão pela população e que vai ampliar o programa para outros bairros e priorizar novas estações próximas a terminais de ônibus para fazer melhor integração.
Falando ainda sobre mobilidade urbana, o prefeito Roberto Claudio disse ser prioridade de sua gestão, deixar Fortaleza com o maior corredor exclusivo para ônibus entre todas as cidades brasileira.
Indagado se seria possível cumprir em apenas 4 anos, ele disse; "espero que sim. embora reconheço ser difícil, dada a complexidade da máquina pública mas, tenho ainda um bom tempo e não quero antecipar discussões futuras", finalizou o gestor municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário