domingo, 13 de janeiro de 2019

Empresa de calçados planeja ampliar fábrica em Alagoinhas

Vitor Reichelt, CEO do grupo Malu Calçados, em audiência 
como governador Rui Costa e a secretária de Desenvolvimento
Econômico, Luiza Maia durante anuncio de ampliação do grupo.
A Malu Calçados, que fica no município de Alagoinhas, planeja ampliar unidade fabril. A notícia foi anunciada pelo CEO do grupo, Vitor Reichelt, em audiência com o governador Rui Costa e a secretária de Desenvolvimento Econômico, Luiza Maia, na quinta-feira (10). A intenção é aumentar a produção de calçados em 30% e está previsto gerar 250 novos empregos diretos.
O governador orientou a empresa a apresentar um plano de negócios à SDE e Desenbahia, para um futuro financiamento do projeto de ampliação. Em paralelo, a empresa vai apresentar à secretaria projeto solicitando a dilação de prazo dos benefícios fiscais, em função da ampliação.
De acordo com o gerente da unidade baiana, Josemar Ody, a capacidade de produção atual da empresa é de 10 mil pares diários. Com a ampliação, subirá para 13 mil por dia. Metade da produção é exportada e 50% restante vai para o mercado interno. "Vimos uma janela de oportunidades nas exportações e temos espaço no mercado para crescer 30%. A ampliação é fundamental para que consigamos alcançar essa meta”, explica.
Luiza Maia comemorou o que chamou de segunda boa notícia do setor calçadista nesta semana. A primeira foi uma nova unidade da Suzana Santos em Itapetinga. “O setor calçadista é um dos prioritários no Estado. Gera muito emprego, adensa a cadeia produtiva, movimenta a economia das cidades onde o segmento está presente e tem dado resultados positivos ao estado”, afirma a secretária.
A Malu Calçados está na Bahia desde 2016 e fabrica calçados femininos. A Europa é o principal mercado consumidor da empresa. Estados Unidos e Ásia também são clientes da marca. Além de fabricarem produto próprio, fazem terceirização para marcas como Arezzo, Mr. Cat, Sonho dos Pés, Renner, entre outras.
Com Tribuna da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário