sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Justiça acata denúncia do MPF contra o BNB

Ex-diretores do BNB são alvo de ação do MPF.
O Ministério Público Federal (MPF) entrou com recurso, nesta sexta-feira, 24, para que a Justiça Federal acate a denúncia contra os 11 gestores da instituição suspeitos de fraude de R$ 1,2 bilhão. De acordo com a denúncia, dirigentes da instituição teriam autorizado pelo menos 52 mil empréstimos do BNB a empresários.
A Justiça Federal acatou parcialmente a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra O Banco do Nordeste do Brasil (BNB), na tarde desta sexta. Das onze pessoas denunciadas, a Justiça mandou instaurar ação penal contra seis. São eles: Roberto Smith, presidente do BNB à época dos fatos; João Francisco de Freitas Peixoto, superintendente de Controle Financeiro do BNB à época dos fatos; Jefferson Cavalcante Albuquerque, superintendente de Controles Internos, Segurança e Gestão de Riscos do BNB à época dos fatos; José Andrade Costa, superintendente de Crédito e Gestão de Produtos do BNB à época dos fatos; João Alves de Melo, presidente do Comitê de Auditoria do BNB à época dos fatos; Dimas Tadeu Fernandes Madeira, superintendente de Auditoria do BNB à época dos fatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário