sexta-feira, 18 de julho de 2014

Vendas no comércio caem 11,3% na Copa, diz Boa Vista

As vendas do comércio brasileiro durante o período de 31 dias da Copa do Mundo, entre 12 de junho e 13
Vendas no comercia durante a Copa não atenderam ficaram
abaixo das expectativas do setor
de julho, caíram 11,3% ante período imediatamente anterior, entre 11 de maio e 11 de junho, segundo levantamento da Boa Vista, administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). De acordo com Flávio Calife, economista da empresa, a pesquisa não avaliou serviços e hotelaria, que foram beneficiados com o campeonato.
O levantamento fez um recorte apenas do comércio a partir da base de dados nacional da Boa Vista, com consultas feitas pelos comerciantes de todo o varejo no período e contabilizou os jogos do Brasil como feriados, o que fez com que o período avaliado tivesse 14 dias úteis, ante 19 dias úteis no período anterior.
"Os dias de jogos do Brasil foram nulos para o varejo e pode ser que as compras que seriam feitas no período sejam feitas nos próximos meses. Mas, se olharmos o movimento comércio para o ano, ele deve ser menor que em 2013", disse Calife.
No entanto, o levantamento apontou que, mesmo com a redução em 2014, o movimento do comércio cresceu 2,6% no período da Copa do Mundo do Brasil se comparado ao mesmo período de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário