segunda-feira, 24 de junho de 2013

O papel do NE na relação Brasil-África

Roberto Macedo (Fiec) apresenta do livro
Nesta segunda-feira (24/6), às 19h, será lançado o livro “As Relações Comerciais Brasil África – O Novo Papel do Nordeste Brasileiro”, de autoria dos pesquisadores Altair de Sousa Maia, Gustavo Pontes Maia, José Flávio Sombra Saraiva e José Nelson Bessa Maia. 
A obra, segundo o professor de Relações Internacionais da UNB, José Flávio Sombra, procura retratar o contexto no qual o Nordeste brasileiro começa a entrar no movimento ensaiado pelo governo federal no projeto de atravessar o Atlântico pelo comércio e investimentos. 
Nesse sentido, aponta Flávio Sombra, o livro apresenta estudo inédito que aborda as possibilidades do Nordeste nesse movimento estratégico das relações internacionais do país: "O livro demonstra que a presença do Nordeste na brecha da internacionalização crescente e necessária da economia brasileira ainda é discreta, observando a experiência de países isolados que demonstram grande atividade no desenvolvimento da África, com destaque para a China". 
Como comenta na apresentação do livro o presidente da FIEC, Roberto Proença de Macêdo, o “estudo inédito sugere que nós, nordestinos, estamos dispostos a reverter esse diagnóstico e preenchê-lo por projetos de adensamento do comércio internacional na franja do Atlântico Sul”. 
Flávio Sombra diz ainda que o livro dialoga com o projeto Integra Brasil: Fórum Nordeste no Brasil e no Mundo, na linha dos estudos e propostas para um novo patamar de inserção da economia e dos negócios da nossa região no contexto internacional. "Preencher a fronteira atlântica do Brasil com capital político e projetos estruturais com impacto na paz e no desenvolvimento sustentável e sustentado na África ainda é um desejo. O Ceará parece que quer sair na frente. E o Nordeste é o nosso marco", finaliza Flávio Sombra.

A solenidade de lançamento do livro será na sede da Fiec, durante reunião da diretoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Setor produtivo cearense espera prorrogação de medidas de apoio até 2021

No último dia 1º de julho, o Governo do Estado estendeu o prazo das medidas de apoio às empresas por pelo menos 15 dias, mas empresários qu...