sexta-feira, 7 de junho de 2013

FIEC e CNI entregam as medalhas

Presidente da Fiec Roberto Macedo
A FIEC e a CNI realizaram ontem, 5, no La Maison Dunas, a entrega de medalhas a quatro personalidades de nossa indústria. Estivemos presentes e registramos alguns depoimentos tanto dos homenageados como também de algumas autoridades presentes:





Ana Lucia Bastos Mota (Cerbras), destacou em sua fala de agradecimentos, (alias, ela também foi a escolhida para falar em nome dos demais homenageados) que o sucesso de sua indústria, deve-se ao empenho dos funcionários antigos, mantidos até hoje, dos novos e o dinamismo de seu filho Felipe, as filhas Ticiana e Mariana que ajudaram a tornar a empresa líder do segmento no nordeste.

Fernando Cirino Gurgel (Durametal), Destacou de forma emocionada, que sua trajetória como industrial, deve-se a seu instinto empreendedor que o fez adquirir sua primeira empresa aos 24 anos e hoje, é líder em toda a América do Sul no seu segmento. Lamentou entretanto, haver ainda tantos obstáculos ao crescimento não somente na indústria mas em todos os setores produtivos do nosso país e atribui isso, a ingerência política do governo federal na distribuição de cargo; "existem pessoas que foram nomeadas e ocupam cargos importantes mas, sem nenhuma competência para fazê-lo...". Considera porém, que a nova "Lei dos Portos", aprovada recentemente e sancionada pela presidenta Dilma, representa uma avanço.

Waldir Diogo (Construtora Waldir Diogo), agradeceu a Fiec pela homenagem e lembrou que sua trajetória teve marcantes passagens na diretoria da entidade. Lembrou também que, teve que se desdobrar para sobreviver como empresário em nosso estado e isso pode ser constatado na diversidade de sua vida profissional. Atualmente, além de diretor da Waldir Diogo Construções, é também pecuarista com forte presença no mercado nacional.

Flavio Parente (In memoriam), foi representado pelo seu filho, Flavio Filho que destacou a trajetória do pai como grande empreendedor que atuou em diversos segmentos mas, principalmente na comunicação, como criador da rede Iracema de Rádios e fundador do Sistema Jangadeiro de Comunicação.

Roberto Claudio (prefeito) - "Fortaleza, não é tradicionalmente uma cidade industrial mas, por isso mesmo, devemos louvar o grande mérito dos homenageados de hoje por suas trajetórias empreendedoras e suas contribuições crescimento de nosso estado em seus setores específicos". Disse também que uma de suas metas como gestor será, criar mecanismos que favoreçam de forma legal a desburocratização e agilize a implantação de novos negócios no campo da indústria em nossa cidade.



Beto Studart (BSPAR)
Membro da diretoria da Fiec e um dos homenageados em 2011, Beto, ressaltou a importancia das homenagens e considera um estímulo aos empresários industriais que lutam contra adversidades para obterem exito em seus segmentos. Indagado por este repórter a respeito do empreendimento na avenida Santos Dumont com Virgilio Távora, disse; "Estamos em fase conclusiva das questões legais e em breve, veremos e seremos supreendidos por um dos mais importantes empreendimentos imobiliário do Ceará". Também quis saber a respeito de seu projeto CORAÇÃO ARTIFICIAL desenvolvido pelo Studheart Medical Technologies e ela afirmou que está em fase conclusiva de aprovação pela Anvisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário